Brilhe, Ostente, Seduza.


Todos querem brilhar. De uma forma ou de outra, todos buscam aparecer, chamar atenção... As estratégias são as mais diferentes possíveis. Som de carro, jóias, roupas, sapatos, decorações, celulares, TVs, carros, corpo, viagens... A lista é imensa.

À procura pelo brilho, infelizmente, tem chegado até no meio "gospel". Muitos dos "artistas" cristãos tem exposto nas redes sociais esse brilho, deixando a simplicidade do evangelho para se conformar ao padrão secular. E eles tem seguidores. Outros "irmãos" que os tem como exemplo se tornando também participantes da "ostentação gospel".

E você? Onde se encaixa? Enquanto lia o texto de Mateus 5, Deus me faz algumas perguntas. Eu participava de um retiro de jovens e adolescentes quando isso aconteceu. Compartilhei as perguntas com os que estava lá e agora as fareis a vocês. 


Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte; Nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas no velador, e dá luz a todos que estão na casa.
Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.


Como as pessoas te veem? Qual o seu brilho? O que você refletido? Luxo? Beleza? Sedução? Ostentação? Esperteza? 

Como discípulos, fomos chamados para brilhar. Mas a luz que sairá de nós é a de Cristo em nós. A luz que refletirmos deve levar as pessoas a dar glória a Deus e não a nós. Nós como discípulos, fomos chamados a ser conformes a imagem de Jesus. Isso acontecerá quando nos aproximarmos Dele. Quanto mais andarmos com alguém, mas nos parecemos com essa pessoa não é mesmo? Da mesma forma é com Jesus. Quanto mais andarmos com Ele, em oração e leitura da palavra brilharemos com Seu brilho. 

Brilhe.
Seja a luz do mundo.
Seja semelhante a Jesus.

- Jamille Dória.

Siga em Frente.




Essa semana bateu um certo desanimo em mim. Não diria que é um desanimo na fé, mas sinto um estresse e um cansaço físico. Quem não esta sentindo esse desgaste neste seculo, não é mesmo?

Nós somos espirito e corpo os quais estão entrelaçados entre si e o que acontece com qualquer um dos lados afeta toda nossa formação. O cansaço físico as vezes nos colocam a um triz de pecarmos. Pense no descontrole emocional, estresse, dores, descontrole hormonais e tantas coisas que formam os mecanismos do corpo humano. Pois é, em tudo isso devemos ser santos e não ceder às inclinações naturais deixando-as afetar ao nosso espirito. 

É difícil o espirito do homem não ser afetado e influenciado pelo corpo e vise versa, mas é possível controlar nossas inclinações. 

Hoje estou assim, bem cansado, mas não vencido. Deus é nossa força. Entenda que não somos só matéria. Nós somos seres espirituais que tem em sua formação a matéria física.  

Não deixe o estresse e o cansaço te fazer pecar e muito menos tornar-te ocioso espiritualmente. Lute contra suas limitações buscando forças no Espirito Santo.

Jesus nosso maior exemplo continuou mesmo quando seu corpo estava dilacerado e em níveis que jamais poderemos cogitar. Cristo prosseguiu porque viu a gloria pela fé, o que naquele momento parecia ser só sangue. Ele viu eu e você, ele viu a gloria de Deus.

"Segura nas mãos de Deus e vai."

Senhor te abençoe.


                                                                                         MaiconChaves

Music3.


Música nova na área! 

Galera, estamos aqui para apresentar nosso projeto musical que chamamos de Music3. Para isso vamos responder algumas perguntas pra deixar claro do que se trata, assim vocês vão conhecer a Music3. 

O que é Music3? 

É um projeto musical focado nas redes sociais. 

Qual o objetivo? 

Compartilhar boa musica com vocês, trazendo um cara nova no cenário através de um projeto audiovisual inovador. 

Como funciona? 

Nós iremos postar videos regularmente nas redes (youtube, instagram...), imprimindo nossa cara nas musicas selecionadas, seja cover ou autoral. Claro, sempre interagindo com nossos inscritos. 

Quem são os integrantes? Qual o estilo? Bem, quem integra o grupo são: Alisson (voz e violão), Gabriel (Percussão), Lucas (violão). Nós não temos um estilo definido, nosso objetivo é inovar com boa música. 

Valeu galera, se inscrevam no canal e confira essa novidade M3





Se inscreva no nosso canal:

Instagram:@_music.3

É possível sentir saudade de algo que nunca se viveu?


E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações. E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos. E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum. E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo a necessidade de cada um. E, perseverando unânimes TODOS DOS DIAS no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração, Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar. - Atos 2:41-47.

É possível sentir saudade de algo que nunca se viveu? Já faz algum tempo que tenho sentido saudade desse período descrito nesse texto de Atos. Às vezes tenho uma vontade enorme de estar lá, vivendo isso. Pensamento louco? Pode ser. A igreja nesse tempo vivia em plena comunhão. Eles se viam TODOS os DIAS!!! Imagine aí! Todo dia é todo dia. Não são 2 vezes na semana, nem 3, nem 4, mas TODOS DIAS. Os 7 dias da semana, 31 dias do mês... Eu fico pensando o quanto era bom, estar com pessoas que partilhavam da mesma fé, do mesmo Senhor, da mesma esperança. Eles eram um. Viviam isso: "Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste. João 17:21". 

Eles cresciam em qualidade e em quantidade. 

Como não desejar esse Jesus. O transformador de tantas pessoas. Os intolerantes, passaram a tolerar. Os odiosos, passaram a amar. Os medrosos, ficaram corajosos. Os ladrões, passaram a dar "porque é melhor dar do que receber". Os lascivos passaram a controlar os seus desejos. Os mentirosos agora dizem a verdade... 

Reflito sobre isso e penso: Qual o real sentido da minha vida aqui nessa terra? Ganhar dinheiro? Ter posses? Me tornar um doutora? Casar? A resposta é NÃO. E, é por saber disso que sinto saudade desse tempo. Eles não se preocupavam com coisas terrenas, passageiras, acabáveis, mas, tinham sempre em mente e em prática que essa vida só vale a pena ser vivida se for para agradar ao Senhor Jesus, se for para levar outros a Ele, se for para ajuntar tesouros nos céus. Infelizmente, a maioria de nós, tem feito o contrário.

Aqueles irmãos não tinham carro, nem internet, nem ônibus, nem celular, mas, ainda assim, estavam juntos em todo o tempo. E nós? Quanto do nosso tempo corrido temos dado a Deus em favor dos nossos irmãos? Em que momento do nosso dia corrido temos falado do amor de Cristo? Será que só nos importamos com nós mesmos, e não temos tempo para cuidar de alguém, visitar, ligar, dar atenção, orar, abençoar? 

Pense menos em você e mais no outro. Dê mais amor e cobre menos. Cuide de alguém. Se importe com alguém. Tenha prazer em estar com a igreja. E, deixe que Jesus cuida do resto (As demais coisas serão acrescentadas). 

Perdão




“Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós; Se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas”. (Mt. 6.14-15)

Nessa passagem Jesus ensina um principio fundamental para nossa vida cristã: é a lei do perdão. Revela que devemos perdoar os nossos ofensores, ou seja, todos aqueles que já cometeram algum delito pequeno ou grave contra nós. 

Aqueles que já falharam poucas ou muitas vezes conosco.

Jesus ensina: devemos perdoá-los, independentemente da gravidade da ofensa. O perdão aqui citado não deve ser só uma opção para nós, mas um dever, pois implica em não ser perdoado por Deus. Você notou o que o versículo 15 diz: Se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos
não perdoará as vossas ofensas? Ou seja, se não perdoarmos os nossos ofensores, Deus também não perdoará nossas ofensas, delitos e pecados. Que tragédia para um cristão viver sem um perdão de Deus, carregando a própria culpa pelo delito!

Meu amigo: há alguém que você precisa se reconciliar, que você precisa perdoar, ou pedir perdão?

Coloque em oração, reconcilie-se com essa pessoa, perdoe-a de todo seu coração. Se você foi o ofensor, peça perdão, porque isso poderá remover as culpas e os fardos que você está levando, pois o perdão liberado traz cura, libertação, crescimento espiritual e sobretudo, traz paz com Deus. Peça perdão e perdoe.

                                                                PR. PAULO JUNIOR
                                                       WWW.ALIANCADOCALVARIO.COM

Você tem amor?



"O amor não faz mal ao próximo. De sorte que o cumprimento da lei é o amor."
Romanos 13:10

Vamos falar hoje sobre o amor.O apóstolo Paulo nos ensina claramente nesta
passagem que o amor não faz mal ao próximo e que também ele é o cumprimento da lei, isto é, o cumprimento de todos os mandamentos. Viver uma vida cristã obediente é amar. Nós, cristãos, devemos manifestar esse tão nobre sentimento ao próximo – ou seja, todas as pessoas a nossa volta – e isso com ações, como ensina a carta de João: “não amemos somente de palavras” (1Jo. 3.8).

O mundo atual precisa de amor. Por mais avançada que esteja a tecnologia e a
ciência, por mais que haja entretenimento, o fato é que o mundo está doente! O
homem moderno é um homem doente, depressivo, sem identidade, as nações e seus governantes batem cabeça procurando uma resposta para o grande surto doentio que a humanidade se encontra... e qual seria a cura para o mundo? Te respondo: é o amor.

O mundo precisa de amor. As pessoas precisam ser amadas. Esse é o remédio. Só existe um povo que tem esse amor: é o povo de Deus, pois a Bíblia diz que “Deus é amor” (1Jo. 4.8) e Deus só habita entre o Seu povo. Sou eu e você cristão. Então devemos levar a cura ao mundo: às pessoas.

Meu irmão, estou te convidando a amar, e amar de forma incondicional: se
compadecer da necessidade alheia, ajudar o mais fraco, não julgar as pessoas, pagar sempre o mal com o bem, o que, como disse Paulo, “é o cumprimento de toda Escritura”. E essa prática não nos fará apenas cristãos obedientes e genuínos, mas também trará cura para todos que estão à nossa volta.

Talvez você não possua grandes talentos, ou poder financeiro ou até grandes dons espirituais, mas eu creio que você já tem o maior dos dons derramado em você pelo Espírito: o amor. Se você tem duvida, peça mais amor a Deus e exercite esse amor, pois você descobrirá que o amor do Pai está em você e você pode levá-lo a todos neste mundo perdido.

Amém.

                                                                         Pr. Paulo Junior
                                                                         www.aliancadocalvario.com