Estou Fraco


“Os quais pela fé (...), da fraqueza tiraram forças (...)” (Hb 11.33-34)
Tem sido muito necessário escrever, nesses últimos tempos, ao homem, pois seu estado de estresse, saturação física, mental e espiritual estão no ápice, deixando-o em constante fraqueza.

Com esse sentimento no coração quero escrever a você caro leitor. Você que está se sentindo fraco, desencorajado, desanimado, sem a menor condição de lutar.

Somos homens que vivem debaixo da lei do pecado, por isso somos vulneráveis às oscilações da vida. Tornando-nos conscientes da verdade revelada no Evangelho, nossa vida deixa – e muito – de ser conforme os padrões das pessoas comuns, nossa caminhada diária passa ser uma batalha, uma verdadeira guerra! Lutamos contra os poderes das trevas, contra nossa velha natureza, lutamos contra o pecado, trabalhamos por santidade, crescimento espiritual e cuidadosamente tentamos ter o máximo de zelo em nosso chamado ministerial – isso torna-se nossa rotina.

Em meio a todas essas “frentes de batalha”, ainda temos nossa vida social, estudos, trabalho, compromissos conjugais, sociais e familiares, nos quais somos chamados a desempenhar resultados melhores do que aqueles que estão a nossa volta.

Isso é apenas um pouco do que consiste nossa trajetória nessa esfera terrena, e jamais pode ser resumido em simples linhas escritas – estamos falando de sua vida – e ela é vivida em momentos específicos, manifestados diariamente, que no passar de todos esses anos constroem a pessoa que você é hoje e, ninguém melhor que você, para saber o que você já passou e tem passado.

Provavelmente, depois de todas essas lutas, de tamanhos desgastes sofridos e de situações internas e externas que a maioria desconhece, hoje, nesse exato momento, você está fraco, totalmente fraco, sem forças para lutar, prosseguir, continuar... Não que você vá desistir, mas você não vê qualquer possibilidade de ter o mesmo desempenho anterior: falta-lhe coragem, ânimo, disposição. 
Acabou-se a força física, mental, emocional, espiritual e todas essas estão minguando a cada dia, mesmo debaixo de tão poderosa fé que você professa em Jesus Cristo.

O que estou falando é realidade na vida de muitos: não é baboseira filosófica! Alguns entre nós estão vivendo esse quadro e não têm força alguma para se erguer. Perderam a motivação, a garra, a vibração, estão fracos, sentindo fraqueza, profunda fraqueza!
O que fazer diante de tamanho domínio exercido por esse tão forte inimigo?
O texto de Hebreus nos ensina a não desistir e usar uma das maiores armas do cristão: a FÉ!

“Da fraqueza tiraram forças”, esse texto foi extraído da galeria dos heróis da fé, homens e mulheres que não venceram só esse gigante, mas também tantos outros ainda maiores, todos eles usando o mesmo dom, a mesma arma: a FÉ!
Como isso pode ser possível?! O texto diz que essas pessoas – nesse mesmo estado que você se encontra de profundo desencorajamento e fraqueza – em meio a essa terrível situação, elas tiram forças da fraqueza.

Isso só pode ser feito por meio da fé: a convicção que o próprio Deus colocou em você, a certeza que tudo está sobre Seu controle, que cada passo nosso é dirigido por Sua soberania, e que todos os nossos esforços não são realmente aquilo que nos garante a vitória em nossa luta diária, mas sim o Seu poder que em nós opera! Veja o exemplo de fé do rei Ezequias: ele estava doente a ponto de morrer – fraqueza física era seu problema – contudo, em meio
àquele terrível estado, conseguir tirar forças através da sua notável fé: orando a Deus, buscando-O e crendo que aquela situação poderia ser mudada. Não poderia um homem como aquele, no estado de doença que se encontrava, tendo uma palavra de morte dada por um dos maiores profetas de todos os tempos (Isaías), ter desistido? De onde esse homem tomou forças em meio a tantos obstáculos? Foi através da FÉ, da convicção, da esperança!

E o que dizer de Sansão, quando teve os cabelos cortados, os olhos vasados, perdeu sua glória expressa em sua extraordinária força e foi preso e molestado pelos filisteus ao ponto de brincarem com ele como um palhaço? Esse homem experimentou todos os níveis de fraqueza: a física, a espiritual, a emocional, a moral, todas no seu extremo, quando o Espírito o deixou. Não me diga que você está mais fraco que Sansão esteve!

O que as Escrituras nos dizem sobre isso? Que em meio àquela agudíssima fraqueza Sansão encontrou forças para clamar a Deus, pedindo que novamente lhe concedesse força e que ele fosse colocado entre as colunas do templo de Dagom e ali protagonizou uma das cenas mais poderosas da Bíblia: a morte de todos os seus inimigos! De onde Sansão conseguiu tais forças, estando ele vulnerável como estava? Foi através da FÉ!

Meu querido leitor, não se dê por vencido, ainda não acabou, em meio a esse caos que você está vivendo, esse deserto seco, árido, sombrio, incerto, inerte, passivo, há uma esperança: a FÉ que Ele te deu, a fé para saber que Ele pode executar todos os desígnios do seu coração e que pode mudar o cenário a qualquer momento!

Em meio a esse “coma espiritual”, que se compara àquele do exército relatado pelo profeta Ezequiel: tão fraco que chegou a ser “sequíssimo”, daí você pode tirar forças! Exerça sua FÉ em Cristo, na Sua pessoa e no Seu sacrifício, assim o poder do Espírito Santo te revestirá e uma força sobre-humana te alcançará. Força essa que não depende do seu estado natural, mas força dada a nós pela graça divina!
                                                                       
                                                                  Pastor Paulo Junior
                                                               www.aliancadocalvario.com

Santidade não é uma opção!


Nós amamos pregar sobre a graça, falar sobre a graça, ajudar novas pessoas a entenderem a graça. É assombroso que Deus nos declare justos em Cristo e não precisemos fazer nada para merecer. Que alegria saber que nosso generoso Deus derrama sobre nós tanta graça sobre graça que serão necessárias todas as eras vindouras para ele revelar sua bondade a nós em Jesus.
Mas a graça de Deus deveria levar-nos à santidade. Justiça imputada deveria conduzir a justiça PRÁTICA. Nós devemos andar de maneira digna do evangelho. Nós devemos PRATICAR nossa justiça.
Jesus ensinou seus discípulos a praticar justiça.  Mas, diferente dos líderes religiosos daquela época, eles deveriam praticar justiça em todas as áreas da vida – especialmente em privado.
“Guardai-vos de fazer as vossas boas obras diante dos homens, para serdes vistos por eles; de outra sorte não tereis recompensa junto de vosso Pai, que está nos céus” (Mateus 6.1)
Os fariseus praticam a justiça – em público. Mas não em privado. Eles faziam para mostrar-se. Eles ensinavam outros a serem santos, mas não era em secreto. Eles praticavam a justiça para receber o louvor de homens.
Jesus nos ordena a praticar a justiça. Em público e em privado. A ter fome e sede de verdadeira justiça. A ser santos quer alguém esteja vendo ou não. A fugir da tentação quando estamos completamente sozinhos em um aeroporto 15 estados longe de casa. A ser puros e santos às 2 da manhã de quinta bem como nos domingos de manhã quando cantamos em igreja. A ser puros em nossos pensamentos assim como quando compartilhamos nos pequenos grupos.
Ora, amados, visto que temos tais promessas, purifiquemo-nos de toda a imundícia da carne e do espírito, aperfeiçoando a santidade no temor de Deus. (2 Coríntios 7.1)
A despojar-vos, quanto ao procedimento anterior, do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano; a vos renovar no espírito da vossa mente; e a vos revestir do novo homem, que segundo Deus foi criado em verdadeira justiça e santidade. (Efésios 4.22-24)
Santidade não é uma opção! Deus é santo e ele nos salvou para tornar-nos como ele é. Impureza e toda forma de injustiça faz parte de nossa vida pregressa. Agora, devemos nos revestir do nosso novo “eu”, criado segundo Deus em justiça e santidade. Deus nos chamou em santidade. Ele nos concede seu Espírito Santo para fazer-nos santos.
Santidade não se limita a pureza sexual. Devemos ter fome e sede de justiça – ou agir corretamente – em todos os nossos relacionamentos. Queremos fazer o que é certo para nossos cônjuges e filhos. Fazer o que é certo com o nosso próximo. Mentir, roubar ou sonegar impostos não é justiça. Reclamar e murmurar não é justiça. Nós queremos PRATICAR JUSTIÇA. Não queremos simplesmente falar sobre ela.
Hospitais encorajam a prática da higiene. Eles colocam avisos e lembretes por todo o lugar – lave suas mãos – não espalhe doenças; lave suas mãos. Eles têm contêineres de gel antibacteriano por todo o ambiente. Caixas de luvas de látex nos quartos dos pacientes; latas de lixo com símbolos especiais. Cada agulha é individualmente embalada e eles não usam uma agulha mais de uma vez. Antes de tiraram sangue, eles pincelam seu braço com algo que mate todos os germes na área. Hospitais PRATICAM higiene. Por quê? Por que, se não o fizerem, haverá consequências. As pessoas podem ficar doentes e morrer.
Você consegue imaginar um hospital que diz que acredita em higiene, mas não a pratica? “Ah, claro que sim, nós acreditamos em saneamento. Nós lavamos nossas mãos? Bem… não… Nós reutilizamos seringas? Ora, o que tem de errado nisso? Aqui, coloque isso na sua boca para eu tirar sua temperatura. Só foi usado algumas vezes; você ficará bem”. Eu não quero ir num hospital que apenas fala sobre ser limpo; quero que eles sejam apaixonados por higiene.
Quanto maior deveria ser nossa paixão pela santidade!
Nós devemos ser santos e justos em todas as áreas das nossas vidas. Santos em nossos pensamentos. Em nosso falar. Xingamentos, piadas sujas, fofoca e difamação deveriam ficar longe dos nossos lábios. Devemos ser santos com nossos olhos e desviar-se de toda impureza. Devemos procurar santidade em nossas ações.

Sede e fome contínuas

Jesus não disse: “Bem-aventurados aqueles que uma vez tiveram sede e fome de justiça…”. Ele disse: “Bem-aventurados aqueles que têm fome e sede de justiça” – verbo no presente. O tempo todo. A cada momento. Como os filhos de Corá que escreveram o Salmo 42:
Como o cervo anseia pelas correntes das águas, assim a minha alma anseia por ti, ó Deus! A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo; quando entrarei e verei a face de Deus? (Salmo 42.1-2)
Ter sede de justiça é ter sede do Deus vivo. Ter sede de relacionamento. De intimidade e comunhão com o Santo.
Assim, não vamos apenas falar sobre justiça. Tenhamos fome e sede dela. Não falemos apenas sobre santidade. Vamos praticá-la.

As 5 melhores escolhas da minha vida.




Hoje irei escrever algo bem pessoal. Esse texto passou por minha mente como um roteiro de filme, então decidi escrevê-lo para vocês. 
Bom, as 5 melhores escolhas da minha vida foram:

1º Crer em Cristo Jesus

Essa, com certeza, é a MAIS IMPORTANTE delas. Sem Cristo nada sou. Tudo o que tenho é Dele. Eu EXISTO Nele. 

Esse texto descreve muito bem o que ele é e o que fez por mim. 

Pois ele ME resgatou do domínio das trevas e ME transportou para o Reino do seu Filho amado, em quem TENHO a redenção, a saber, o perdão dos MEUS pecados. Ele é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação,

pois nele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos ou soberanias, poderes ou autoridades; todas as coisas foram criadas por ele e para ele. Ele é antes de todas as coisas, e nele EU subsistoColossenses 1:13-17 (adaptado)

2° Amar a Deus, obedecendo-O. 

Quando eu entendi o que realmente é amar a Deus muita coisa mudou. Passei a observar a Palavra de Deus (bíblia) de forma mais minuciosa, detalhista, buscando enxergar cada mandamento (ordem/vontade de Deus). Passei a compreender que é dessa forma que Ele se sente amado. Até já escrevi sobre isso aqui no blog. Recomendo a leitura. Mas, de forma resumida, AMAR a Deus é OBEDECER aos seus mandamentos. Se não O obedecermos, não estamos amando-O. Não adianta falar que ama, é preciso mostrar esse amor em ações.


Se me amais, guardai os meus mandamentos. 
Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama. Jesus respondeu, e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra. 
João 14: 15, 21a e 23a.

Guardar é obedecer!

3º Viver o padrão de Deus para relacionamentos.


Esse ponto está incluso no 2º que é obedecer a Deus. Mas, decidi separá-lo pois tenho-o como algo bastante relevante na minha vida. Entenda relacionamentos aqui como, relacionamento amoroso. Sempre fui ensinada a viver o padrão de Deus para relacionamentos. Tive o privilégio de crescer ouvindo qual é a vontade de Deus em relação a isso. Mas, infelizmente, por algum tempo na minha vida não vivi as "regras" que tinha aprendido. Não pretendo entrar em detalhes aqui, mas, de forma resumida, passei um bom tempo vivendo o meu padrão (o que minha carne achava agradável). Mas, GRAÇAS A DEUS (sem conotação clichê) eu me ARREPENDI e DECIDI mudar. Como já falei, considero essa escolha uma das mais importantes na minha vida SIM, pois ela abriu caminhos para um relacionamento amoroso com Jesus. Fazendo a minha vontade, não estava amando-O, mas sim amando a mim mesma. Lembra como Ele se sente amado? 2º ponto do texto. O padrão de Deus para relacionamentos parece difícil, viver em santidade, se guardar para o esposo/esposa, tudo isso, na nossa mente humana é algo quase impossível. Mas, eu descobri que apesar de difícil é gratificante saber que, fazendo isso, estou agrandando a Ele. O meu MAIOR AMOR, quem eu devo toda a minha gratidão pois Ele me perdoou e salvou e me garantiu a vida eterna.


4º Ouvir meus pais

Quando somos adolescentes, temos certa dificuldade em aceitar conselhos/ordens dos nossos pais. Achamos que eles "não entendem nada", "são ultrapassados", "são caretas", "chatos", "acham que sabem de tudo", "não nos entendem", será que só eu já pensei assim?! Mas, umas das melhores escolhas da minha vida foi OUVIR MEUS PAIS. Infelizmente, tive que aprender com os erros. Mas, lembro que depois que passei a me apegar a isso com maior firmeza, quando decidi REALMENTE ouvir meus pais, passei a falar isso para todo adolescente que encontrava. Literalmente. rs Quando estava com um adolescente o conselho que lhe dava era: Ouça seus pais. Eles querem o melhor para você. Meu Deus, como isso é algo tão simples, mas nós teimamos tanto em acreditar não é mesmo? Mesmo que seus pais não sejam cristãos, ainda assim ouça os que eles tem para lhe dizer. No caso de pais não cristãos, você deve ter sempre algo claro. Em primeiro lugar irei ouvir/obedecer a Palavra de Deus, se o que eles me falam é contrário a essa palavra, não os ouvirei, mas, fora isso, os ouvirei e obedecerei. Há promessa na obediência aos pais. 

Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá.


5º Ter amigos-irmãos

Esse ponto é o meu consolo e alegria. Como é bom ter amigos-irmãos perto de mim. Como é bom não estar só. Como é bom saber que tenho comigo amigos que me levam para mais perto de Deus, pois, assim como eu, buscam ser e conhecer mais a Ele. Jesus tinha amigos. Paulo tinha amigos... Eu preciso ter amigos. Essa "escolha" nem parece muito bem uma escolha não é? Mas é escolha sim. Já me lamentei e já ouvi muitos se lamentarem por não terem amigos em Cristo. Por isso digo que essa é uma escolha. Não acredito que amizade sempre venha de forma natural. Isso pode acontecer, pode, claro. Mas é uma exceção. A amizade vem através de esforço até que, depois de algum tempo, ela se torna natural. Mas, para isso acontecer, antes foi necessário: entrega, dedicação, busca, amor, perdão, compaixão, abrir mão... Já fui daquelas que cobrava agora sou aquela que dou. Se quero atenção, dou atenção. Se quero amor, dou amor. Se quero fidelidade, sou fiel. E não faço, somente para receber em troca, mas porque realmente entendi o que é ser amigo. Jesus uma vez disse aos seus discípulos "já não vos chamo servos, mas amigos". É assim que vejo e quero ver ao longo da minha vida, os meus irmãos em Cristo como amigos. Agradeço a Deus por cada um que Ele me deu a oportunidade de me tornar amiga-irmã e que essa lista de amigos possa crescer ainda mais!


- Jamille Dória


#SomosTodosMissionarios


Uma das coisas que muito assustam os irmãos "das antigas" é o número crescente de novos cristãos que não fazem ideia do que seja A Grande Comissão. Se você se encontra no segundo grupo (desinformados), vamos te dar uma ajudinha. Se não, vamos nos cobrar a prática desse mandamento tão menosprezado nestes tempos de hoje.
E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra.
Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;
Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.
Mateus 28:18-20
Pronto. É isso. 
Me perdoem se pareço simplista, ou se parece que estou escrevendo isso só pra escrever alguma coisa. Não é o caso. Mas minha intenção é simplesmente trazer a ordem de Cristo aqui. Uma ordem não deve ser contestada, explicada ou questionada. Ordens são dadas para serem cumpridas. Ele tem a autoridade. Ele manda. Nós, os discípulos, obedecemos. Vamos. Fazemos discípulos. Batizamos. Ensinamos. 
comissão 
co.mis.são 
sf (lat commissione1 Ato positivo de cometer ou de encarregar (neste sentido é antônimo de omissão). 2 Encargo ou incumbência. 3 Pessoas encarregadas de tratar conjuntamente um assunto. 

Qual é a vontade de Deus para a sua vida?


O solteiro é mal compreendido e interpretado. Na igreja, as vezes, vêem o solteiro como uma pessoa incompleta. Que a vida dele só vai começar quando se casar, formar ou arrumar um bom emprego. Mas essa é uma forma errada de se pensar, pois Deus os chamou agora, Ele os chamou com um propósito. Ele não os chamou para ficar na geladeira esperando o dia de casar por exemplo.
Visões Erradas sobre os Jovens Solteiros:
  • Os jovens não são maduros, porque ainda são solteiros;
  • Não existe propósito para o solteiro;
  • Estamos/precisamos preparar o solteiro para o futuro.
Na bíblia tem muitas histórias de jovens que desde cedo foram chamados por Deus para sua obra. Ex: José, Daniel, Tiago, Timóteo etc.

Pontos essenciais para a vida de um Jovem Cristão é:
  • Agradar a Deus;
  • Santidade e compromisso no Reino de Deus;
  • Causar impacto na nossa geração, com um estilo de vida diferente desse mundo (testemunho);
  • Ser alegre, cheio de paz;
  • Ter alvos claros com relação a vida profissional. Não viver mudando de foco, pulando de curso em curso, de emprego em emprego;
  • Ter alvos espirituais claros: ministério, chamado;
  • Clareza que a vida profissional esta diretamente ligada/relacionada o Reino de Deus;
  • Saber decidir bem a 2° decisão mais importante na vida: Com quem vou me casar? (Sendo a 1° decisão mais importante: Onde vou passar minha eternidade?);
  • Saber que Deus não escolhe ninguém para ninguém, porém o jovem pode pedir a Deus que escolha por ele essa pessoa. Isso se faz entregando a Deus, está decisão e cumprindo com os critérios de Deus para a escolha dessa pessoa;
  • Jovens fortes e comprometidos a constituir famílias dignas.
  • Saber que para casar são necessários 3 pontos essenciais: Maturidade física, Maturidade emocional e Maturidade espiritual;
  • Não ter pressa, esperar a hora certa de Deus e a pessoa certa;
  • Saber que o casamento é indissolúvel. Não pode ser desfeito. Depois que você se casa você nunca mais poderá ser chamado de solteiro;
  • Ser criterioso na escolha da pessoa para casar. TITO 2:6 “Quanto aos moços, exorta-os para que, em todas as coisas, sejam criteriosos”;
  • Ter cuidado com seus interesses: O que eu quero da vida?;
  • Fazer boas escolhas;
Beleza física tem sido um dos maiores critérios dos jovens. Ela é importante, mas não o mais importante como muitos pensam. Provérbios 31:30 “ Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas  a mulher que teme ao Senhor, essa sim será louvada”. Os homens principalmente, em sua maioria, preferem escolher a mulher pra casar olhando somente a sua beleza física. Mas a beleza passa, o que fica é o caráter, o amor a Deus, o respeito.
Critérios corretos:
  •   Espiritual
  •   Profissional
  •   Santidade
Qual a vontade de Deus para sua vida? I Tessalonicenses 4: 3 a 8 “ Pois esta é a vontade de Deus: a vossa santificação, que vos abstenhais da prostituição; que cada um de vós saiba possuir o próprio corpo em santificação e honra, não como o desejo de lascívia, como os gentios que não conhecem a Deus; e que, nessa matéria, ninguém ofenda nem defraude a seu irmão; porque o Senhor, contra todas estas coisas, como antes vos avisamos e testificamos claramente, é o vingador, porquanto Deus não nos chamou para a impureza, e sim para a santificação. Dessarte, quem rejeita estas coisas não rejeita o homem, e sim a Deus, que também vos dá o seu Espírito Santo.”
1-   Santificação; Separação do pecado para Deus.
2-   Prostituição- são todos os tipos de sexo ilícitos como: sexo de homem e mulher antes do casamento, homossexualismo (homem com homem), lesbianismo (mulher e mulher), bestialismo(sexo com animais) e o ato de masturbação (sentir prazer sozinho, você mesmo provocar o prazer pensando em outra pessoa, imaginando estar com alguma pessoa); O sexo é um presente para o casamento, ele tem algumas funções básicas como: consolidar a aliança, procriar/ multiplicar e também para o lazer do casal. Quando você esta debaixo dessa bênção, você não carrega culpa, medo nem insegurança.
3-   Aprender a possuir o próprio corpo. O corpo não deve ter o controle das vontades. Ter domínio sobre seu corpo, seus desejos. Desenvolver o dom do domínio próprio.
4-   Ofender- Tocar em propriedade alheia.
5-   Defraudar- Despertar o amor, desejo em alguém: Mulher (Roupa, olhar, charme, cariciais), Homem (Jeito de falar, dando presentinhos, sendo atencioso). Auto defraudar- Pessoa que imagina que a outra esta gostando dela, Ilusão.
6-   Vingador- Aquilo que você SEMEAR você irá COLHER.    SEMEAR <---> COLHER.

MURO OU PORTA? (A postura da moça cristã)

PORTA: Fácil acesso, fácil de abrir, na verdade às vezes já esta aberta. Traz homens que querem facilidade. Homens que não gostam de desafio. Essa mulher não estabeleceu critérios para seu cônjuge. Qualquer um que a queira e que seja bonitinho ela aceita. Provérbios 20:21 “ A herança que no princípio é adquirida as pressas, no fim não será abençoada”.

MURO: Mulher forte, mais difícil, firme em seus critérios. As moças têm mais domínio na relação. Podem controlar melhor, pois o homem é levado pelo que vê e a mulher pelo que sente. E quando acontece algo fora do tempo, a mulher é a maior prejudicada.  A imagem dela é quebrada.

Cantares de Salomão 8: 8 a 10 “Temos uma irmã pequena, que ainda não tem seios; que faremos a esta nossa irmã, no dia em que dela se falar?  Se ela for um muro, edificaremos sobre ela um palácio de prata; e, se ela for uma porta, cercá-la-emos com tábuas de cedro.  Eu sou um muro, e os meus seios são como as suas torres; então eu era aos seus olhos como aquela que acha paz. " Se você for muro acharão paz em você, poderão confiar em sua integridade. Um muro é mais difícil de quebrar. Deseje ser muro: firme em sua conduta, firme em seu critérios, firme em santidade a Deus, firme...

 Confie em Deus plenamente. Cresça em santidade e você abençoará outras pessoas. Arrependa-se e mude seu estilo de vida.
  Fiquem firmes na rocha, que é Jesus Cristo.



Obs: Essa palavra recebi por 3 vezes através do pastor Sérgio Franco. Além disso tenho um livro que ele escreveu cujo o título é esse: Muro ou Porta;  a postura da moça cristã (link para baixar https://itunes.apple.com/br/book/muro-ou-porta/id601034563?mt=11 ). 

Leia a Bíblia




1 Timóteo 4:15 “Medita estas coisas; ocupa-te nelas, para que o teu aproveitamento seja manifesto a todos.”

Este é um verso de uma carta do apostolo Paulo a Timóteo a quem ele chamava de filho. Gosto muito das cartas de Timóteo porque é uma boa carta para trocar pelo próprio nome. Leia esta carta e se coloque no lugar do destinatário. Você receberá muitos conselhos.

Bem, quantos de nós temos meditado na palavra do Senhor? Muitos Cristãos às vezes acha que Deus vai revelar seus mistérios a eles, assim, do nada.

Em minha própria experiência sempre demorou um pouco, ou muito, até que Deus trouxesse luz ao meu entendimento sobre algo a cerca de seu reino e sua palavra, a bíblia.

Na correria desse século consumista, alguns não passam somente dias sem ler a palavra de Deus, mas semanas e até meses. Talvez esse seja seu caso.

Venho aqui para dizer-te que é fundamental e crucial para sua saúde espiritual que você medite na palavra do Senhor. Quando meditamos na palavra somos transformados, o Espirito Santo através dela nos ensina, e assim se torna manifesto aos outros esta mudança.

Quer testemunhar a Cristo? Leia e medite nas palavras deixadas por ele. Deixe-se ser transformado por ela. Ela tem esse poder de nos transformar à imagem de Cristo.

Ore sobre algo que precisa entender mesmo que isso demore dias até que entenda.

Não deixe de ler a palavra de Deus, pois “Lâmpada para os meus pés é a tua palavra, e luz para o meu caminho.” Salmos 119:105, e o falo por experiência própria. Ela anima, exorta, e consola. Ela trás sentido à vida, ela da proposito e esperança.

Peça a Deus para amar a leitura bíblica, “porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade.” Filipenses 2:13.

Graça e Paz.

                                                    
                                                                                            Maicon Chaves